Services
Sobre Correios > Sustentabilidade > Vertente social > Papai Noel dos Correios

Papai Noel dos Correios

CAMPANHA PAPAI NOEL DOS CORREIOS

Cartas que realizam sonhos, espalham alegria e mudam vidas. Assim é a campanha Papai Noel dos Correios, uma das maiores ações sociais natalinas do Brasil realizada há mais de 25 anos. Desenvolvida em todo país, ela tem como objetivo principal o envio de carta-resposta às crianças que escrevem ao Papai Noel e atender, dentro do possível (*), aos pedidos de presentes de natal das crianças em situação de vulnerabilidade social. Além de estimular a redação de cartas manuscritas pelas crianças, a campanha dissemina os valores natalinos como solidariedade.

Em 2010, os Correios colocaram sua maior ação social à serviço da educação, ao incluir as cartas de crianças das escolas da rede pública de ensino (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Com esse passo, o Papai Noel dos Correios alinhou-se ao quarto Objetivo de Desenvolvimento Sustentável: Educação de Qualidade. 

 A parceria com as escolas, foi bem sucedida em vários pontos. A redação de cartas ao Papai Noel estimulou o aprendizado em sala de aula e resgatou o prazer em escrever.

Outro aprendizado dos estudantes é sobre como endereçar, o uso do CEP (Código de Endereçamento Postal) e do selo postal. Isso soluciona um dos problemas recorrentes nos pedidos das crianças da sociedade, pois, em razão de endereços incorretos, ausentes ou ilegíveis as cartinhas não podem participar da campanha. Assegura, ainda, o atendimento de quem, realmente, precisa: crianças em situação de vulnerabilidade social.

A partir de 2016, a campanha contemplará, prioritariamente, cartas de crianças das escolas da rede pública de ensino (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos, em alinhamento aos programas governamentais.

(*) se for adotada a carta 

Diretrizes

•    Desenvolver a habilidade da redação de carta, de como endereçar e usar o CEP e o selo postal;
•    Assegurar 100% de respostas às cartas selecionadas;
•    Vincular a Campanha Papai Noel a um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável;
•    Assegurar que o público participante seja exclusivamente de crianças em condição socioeconômica condizente à campanha;
•    Contribuir para o incentivo à escrita;
•    Fomentar a solidariedade e a cidadania;
•    Promover o crescimento social e educacional das crianças.

Período da campanha
A campanha ocorre, normalmente, nos meses de novembro e dezembro de cada ano. Datas e pontos de adoção de cartas, de entrega dos presentes nas agências e da entrega dos presentes às crianças são divulgados em blog específico. As unidades da federação (UFs) possuem datas diferentes, tendo em vista particularidades regionais que influenciam na campanha, como calendário de encerramento do ano letivo. Os pontos de adoção, também, são definidos por cada UF. As informações completas de cada ano, estarão no blog, no endereço http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios, a partir de novembro do mesmo ano.
IMPORTANTE: Fique atento(a), a informação oficial é a do site dos Correios (www.correios.com.br).

Esclarecimentos

1 - Os Correios não são responsáveis por pedidos de presentes em nome da campanha Papai Noel dos Correios entregues em residências ou deixados em caixas de correspondência.

A campanha Papai Noel dos Correios não solicita presentes diretamente à população, seja por meio de carta, e-mail, telefone ou visita. Da mesma forma, os Correios não deixam cartas para adoção em residências. As cartas recebidas são disponibilizadas para adoção em suas unidades administrativas ou em outras unidades especificamente criadas pelos Correios para esse fim.

2 - Os Correios não participam de ações de arrecadação de recursos financeiros para a realização da campanha, assim como para a compra de presentes.